Para Rir...para Refletir...

Loading...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Enfermeira mata cachorro Yorkshire na pancada.


Pecado gente!!! como pode existir pessoas que nem parecem ser gente, nesse mundo, essa ai mesmo
nem bicho da pra dizer que é, porque bicho só mata para comer ou para se defender... Eu diria que ela é um monstro mesmo!

Câncer de Mama descoberto no início tem mais chance de cura



Que adianta o auto cuidado? E se mulher não tiver plano de saúde? Esperar na fila meses para ser chamada para atendimento médico sabendo que vai morrer! É isso?

Nana Lps: Saúde Brasileira

Nana Lps: Saúde Brasileira: A vida é passageira de um curto tempo... Tão frágil a vida, senhora deves cuidar-te... Pois uma simples célula infectada poderá levar-te......

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Coisas estranha acontecem no Brasil!




Coisas estranhas acontecem no nosso país...
Sibutramina por exemplo é uma medicação que se usava no tratamento de ansiedade e depressão, e foi notado que um de seus efeitos colaterais era a perda de peso começando daí a ser usado no tratamento de obesidade. Foi proibido nos Estados Unidos... E causou polemicas no Brasil e logo em seguida levantou - se discuções sobre os derivados das anfetaminas ( Anfepramona, Femproporex e Mazindol ) que era usado no tratamento da obesidade aqui no Brasil, levando a ANVISA a proibir a venda dos mesmos, sendo que eles são comercializados nos países como Austrália, Canadá, Estados Unidos da América, É ou não é estranho? Então se supunha que Sibutramina não serve para os americanos mas vamos vender para os brasileiros, que estão acostumados a comprar lixo. Ah! Mas no Brasil se usam mais os derivados das anfetaminas, então vamos proibir as anfetaminas e vamos liberar a Sibutramina por mais um ano e veremos o que vai acontecer. É isso será?
E as pessoas que usavam os derivados das anfetaminas, com controle médico no seu tratamento para obesidade como ficam? Vão tomar o lixo que os americano não querem...
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares